Brownie de feijão preto

Oi? Como?

Isso mesmo, aqui você vai aprender a fazer uma receita de brownie de feijão preto! Um jeito criativo e, principalmente, delicioso de comer sem culpa aquela sua prenda doce da semana. O melhor doce sem culpa da história. Acredite!!

Obviamente, o brownie não tem gosto de feijão preto, muito pelo contrário, se você não soubesse que há feijão preto na receita, certamente, acharia que era apenas chocolate. O feijão preto substitui a farinha. Acrescenta-se um pouco de aveia para a consistência certa e Voilà! Eis o seu melhor amigo, a partir deste momento.

20160227_115948

Esse brownie tem poucas calorias e é muito mais saudável que a receita popular. Ele leva os nutrientes do feijão preto e da aveia,, além ficar pronto em 20 minutos, literalmente! Portanto, anote a receita para se deliciar sem culpa!

O que você precisa? Um processador de alimentos. Essa receita tem mais ingredientes secos e o liquidificador pode encontrar dificuldades para fazer bem o seu trabalho. No entanto, se você não tiver um processador de alimentos, você pode usar o liquidificador e acrescentar água o quanto necessário até que a massa bata sem problemas. Mas, atenção, é preciso cuidado para que não coloque muita água. Coloque de pouco em pouco e vá batendo.

Ingredientes:

1 1/2 xícara de feijão preto cozido e lavado

2 colheres de sopa de chocolate em pó (chocolate mesmo, nada de usar Nescau!)

1/2 xícara de aveia

1/2 xícara de mel

1/4 xícara de óleo de coco (opcional manteiga levemente derretida)

1 colherzinha de café de fermento

2 colheres de chá de extrato de baunilha

1/2 xícara de chocolate meio amargo (70% cacau) em pedaços pequenos.

1 pitada de sal

manteiga para untar a forma

chips (gotas) de chocolate para decorar (opcional)

coco ralado para untar a forma (opcional)

Modo de Preparo:

Escolha uma forma funda, de tamanho pequeno a médio, não importa o formato, e unte com manteiga. Em seguida, jogue coco ralado e bata para tirar o excesso. Reserve. Pré-aqueça o forno a 180º C e prepare a massa.

No processador de alimentos, coloque o feijão preto, o chocolate em pó, o óleo de coco (ou a manteiga derretida como opcional), a aveia, o mel, o fermento e a baunilha. Bata tudo até que fique uma mistura homogênea. Se você estiver fazendo a receita no liquidificador, talvez precise de um pouco de água para ajudar a bater os ingredientes. Vá adicionando água aos poucos até obter uma consistência que consiga bater a massa.

Depois de batido, despeje o conteúdo numa tigela e adicione os pedaços de chocolate. Mexa com uma colher até que tudo fique bem misturado. Despeje a massa na forma já untada e nest hora, se desejar, pode decorar com os chips (gotas) de chocolate. Leve ao forno pré-aquecido por 15 a 20 minutos ou até que a massa fique seca.

Retire do forno e deixe esfriar. Após esfriar, é recomendável que se coloque na geladeira por mais ou menos uma hora, para que crie uma boa consistência e amplie o sabor. Somente depois, corte em quadrados. Se cortar os brownie ainda quente, corre-se o risco de despedaçar toda a forma.

Essa receita vai muito bem com um refrescante iogurte ou com frutas frescas, bom apetite! 🙂

20160227_120354

Anúncios

Salada quente de cogumelos e mozzarella

20160314_130634

Esse prato é ideal para vegetarianos. E mesmo se você não for vegetariano, pode desfrutar de uma receita super saudável pela leveza e pelos nutrientes. Rico em fósforo, vitamina B e D, o cogumelo ajuda na manutenção dos tecidos, ossos e dentes. Também é fonte de fibras, que auxiliam no funcionamento do intestino e controlam o colesterol, além de ter baixíssimas calorias.

Essa receita acompanha um bom vinho e também fica perfeita como entradas para jantares mais formais. Serve duas pessoas.

Você pode usar o tipo de cogumelhos que quiser, aqui, usamos o tipo portobelo (ou cogumelho-de-paris, como na foto abaixo). É facilmente encontrado nos melhores supermercados. Mas os tipos Shimeji e Shiitake – populares na culinária japonesa – também podem ser usados na receita.

cogumelo de paris

Ingredientes:

250 gr de cogumelho-de-paris (ou de sua preferência) fatiados finos. Geralmente, a bandeja tem entre 200 e 400 gr, dependendo do estilo e tamanho do cogumelo.

1/2 xícara de alho poró bem picadinho

1/2 xícara de pimentão amarelo (picadinho em cubinhos pequenos)

1/2 xícara de pimentão vermelho (picadinho em cubinhos pequenos)

2 dentes de alho picados bem fininhos

150 gr de queijo mozzarella fatiada grosseiramente

Azeite de oliva de boa qualidade (ou óleo de coco)

sal e pimenta à gosto

semente de girassol (opcional)

Modo de fazer:

Numa frigideira, coloque o azeite, os dentes de alho, o alho poró e mexa até que fiquem levemente suados. Em seguida, adicione os cogumelhos fatiados finos e refogue até que fiquem ligeiramente dourados. Adicione os pimentões e mexa até que todos os ingredientes estejam envolvidos. Em seguida, adicione a mozzarella fatiada e mexa até que o queijo derreta levemente. Retire do fogo, tempere com sal e pimenta à gosto e sirva imediatamente. Uma boa opção é salpicar semente de girassol em cima do queijo derretido, fica uma delícia e traz uma textura crocante para o prato. Bom apetite! 🙂

20160314_130633

Muffins de aveia com iogurte e banana

m1

Quer receber os amigos para um lanche ou preparar um café da manhã mais familiar? E que tal muffins de aveia e banana, rapidíssimo de preparar e fazer? Com canela por cima…hummm, deu água na boca?
Para quem adora bolinhos, esta receita é ouro. Ela é mais saudável, pois não leva farinha de trigo, apenas aveia, muito leve, saborosa e facinha de fazer. Em 30 minutos você vai encher a casa com um aroma delicioso, e os olhos da família e amigos.

37babcd24192be0e275065568892933f

O que você precisa?

500 gr de iogurte natural (eu uso o greek yogurt)
2 bananas maduras e grandes
2 ovos inteiros
2 xícaras de aveia de boa qualidade
1 1/2 colher de fermento em pó
2 colheres de sopa de açúcar mascavo (você também pode usar mel)
1 xícara de uvas passas
canela em pó, o quanto desejar

Como fazer

Pré-aqueça o forno a 200° C, em seguida, unte uma forma para muffins ou cupcakes. Ou use as forminhas de silicone ou papel. Coloque todos os ingredientes no liquidificador, menos as uvas passas, e bata até que tudo esteja bem misiturado e homogêneo, deve levar um minuto no máximo.

Despeje a massa numa vasilha grande e acrescente as uvas passas e a canela em pó.

Leve ao forno por entre 15 a 20 minutos, ou até que os muffins estejam secos e levemente dourados (verifique com um palito). Retire do forno e polvilhe canela por cima.

m2

Sirva os muffins ainda quentes com um pouco de iogurte e mel. Bom apetite!

m4

Arroz com gengibre, alho e hortelã

IMG_1766

A primeira vez que fiz este arroz, um aroma incrível tomou conta de casa. Ninguém resistiu e foram parar todos na cozinha, curiosos e famintos! A combinação do gengibre e da hortelã resulta num aroma muito suave e refrescante, o alho complementa com um toque mais rústico. É assim que o seu arroz vira a principal atração da mesa. Afinal, para um prato tão comum e simples como o arroz, usar a criatividade é essencial para sair do óbvio. Esta receita de arroz com gengibre, alho e hortelã é ideal para inovar na cozinha. Confira!

ginger-and-garlic

A receita serve 4 pessoas.

Ingredientes
2 1/2 xícaras de arroz de sua preferência (branco ou integral)
2 colheres (sopa) de gengibre ralado
3 dentes de alho picados bem miúdos
4 folhas de hortelã
Azeite de oliva
Sal e pimenta à gosto

Modo de preparo
Coloque um pouco de azeite numa panela grande, junte o gengibre, o alho e deixe fritar um pouco. Em seguida, acrescente o arroz e frite por entre 5 minutos, tomando cuidado para não deixar o arroz queimar, mexendo sempre.
Acrescente água fervente, junte o sal e a pimenta à gosto. Tampe a panela, deixando uma pequena abertura e deixe o arroz cozinhar até que a água comece a secar.
Quando a água estiver secando, acrescente as folhas de hortelã e tampe novamente até secar por completo. Depois que desligar o forno, deixe o arroz assentar por 5 minutos, não mexa. Sirva com o acompanhamento de sua preferência.

Dica: Você pode decorar com algumas ervas. Este arroz vai muito bem com carne vermelha e um bom vinho 🙂

Coconut_

Os benefícios do Abacate e como incluí-lo no cardápio

abacate-57279

Erroneamente, o abacate já foi considerado um dos vilões da alimentação saudável por causa do seu alto teor de gordura. No final dos anos 80 e começo dos 90, o abacate, – assim como o côco, o ovo, e outras comidas saudáveis – foram vítimas de uma histeria coletiva da indústria de alimentos, sendo banidos do cardápio por quem estivesse investindo na “boa alimentação”. O erro foi grave, pois hoje sabe-se que o abacate é uma fonte natural de gordura boa e essencial para o bom funcionamento do nosso organismo.

O abacate é considerado um dois alimentos mais saudáveis que existe. Se você ainda não o incluiu em sua dieta, está na hora de pensar de novo! Descubra aqui os benefícios da fruta:

receita-caseira-hidratacao-pele-cabelos-abacate

Apesar de seu alto valor calórico, o abacate só faz o bem. É um dos melhores alimentos para controlar as taxas de colesterol e minimizar o risco cardíaco. Sua gordura é a gordura monoinsaturada, que ajuda na redução do colesterol e triglicérides, auxiliando na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. Além disso, o abacate é fonte de vitamina E e vitamina A, poderosos antioxidantes que atuam como protetores das células.
Outro benefício do seu consumo é que ele pode auxiliar no processo de emagrecimento. Devido ao seu teor de fibras promove maior saciedade e ajuda no funcionamento do intestino. O abacate fornece cerca de 20 nutrientes essenciais, incluindo fibras e gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas saudáveis (como os ácidos graxos ômega-3), vitaminas A, C, D, E, K e vitaminas do complexo B, além de potássio. Entretanto, deve-se moderar na quantidade ingerida. Nada de mais, nada de menos, lembre-se que a moderação é muito bem-vinda em todas as situações da vida, e é irmã do bom-senso.

Você pode incluir o abacate em sua dieta de diversas maneiras, eis aqui algumas sugestões:

Patê de abacate e chilli (ou uma versão do guacamole)

7de79d18-bd74-4e64-99ef-81bb66880a05-460x276

Ingredientes:
1 abacate cortado e amassado
1/2 pimenta dedo de moça (chilli) – Coloque uma inteira se você gosta de comida bem apimentada.
1 pitada de sal
Azeite extra-virgem de oliva
1 mão cheia de salsinha

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Sirva com torradas integrais ou use como molho para saladas. Eu também uso essa receita para rechear tomates.

Smoothie de abacate com ameixas e mel

7005028745_b923892722_b

Ingredientes:
1/2 abacate picado
Uma mão cheia de ameixas pretas
2 colheres de mel de boa qualidade ou orgânico
300ml de leite integral (ou qualquer leite de sua preferência, eu gosto de usar o leite de amêndoas também)

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva. Você também pode adicionar a esta receita algumas colheres de granola para dar um toque crocante.

Salada com abacate

Ingredientes:
1 abacate picado
1 manga picada
1 pepino grande cortado em rodelas
1 salsão picado
3 tomates picados
1 limão
Folhas verdes para acompanhar (eu uso alface e espinafre)
Sal e pimenta à gosto
Mel

Misture todos os ingredientes numa vasilha grande, acrescente azeite extra-virgem de oliva (à gosto), o suco de um limão e duas colheres de mel. Mexa bem até toda a salada envolver o caldo. Sirva com arroz (eu uso o arroz integral)

MA-18-AVOCADO-MANGO-SALSA-636

Portanto, está na hora de repensar seus conceitos e incluir essa super food no seu cardápio!

Arroz de couve-flor

1-IMG_8626-610x300

Apesar de ser a base do prato brasileiro, o arroz branco, diferente do arroz integral, é muito pobre em nutrientes e em quase nada colabora para um corpo mais saudável, além de ajudar no aumento de peso. Portanto, se você procura uma alimentação mais saudável, pode optar pelo arroz integral, rico em nutrientes, ou pelo arroz de couve flor, uma feliz opção para incluir no cardápio de casa, que é a dica do Big Menu.

Você pode ver este post original em inglês aqui.

A receita é muito fácil de fazer e é possível produzir uma grande quantidade para ser usada nos dias seguintes. Confira:

Ingredientes

2 cabeças de couve-flor

azeite de oliva

sal e pimenta à gosto

Modo de Preparo

04-IMG_8569   07-IMG_8572

Corte a couve-flor crua, retirando apenas as extremidades dos talos e as folhas. Coloque os  pedaços no liquidificador ou num processador e bata até obter uma consistência moída, mas não exagere para não criar uma farofa.

 09-IMG_8574   12-IMG_8580

Esta mistura pode ser preparada em seguida ou pode ser conservada na geladeira, para ser consumida em no máximo 5 dias, ou pode, também, ser congelada para usar quando quier. Se estocado no freezer, a dica é comprar bags para conservação de alimentos e separar o arroz de couve-flor em vários saquinhos para serem descongelados separadamente.

Como cozinhar o arroz de couve-flor

Adicione um pouco de azeite numa panela e coloque a couve-flor triturada, mexa até amolecer. Tempere a gosto. Você também pode fazer no forno. Espalhe a mistura numa assadeira, regue com um pouco de azeite e tempere a gosto, leve ao forno pré-aquecido numa temperatura média de 220°C entre 15-20 minutos.

Sirva com o acompanhamento de sua preferência. Servido com salada verde e tomate é uma excelente combinação. Bom apetite!

Via everydaymaven

Compota de vegetais em conserva: pickles vietnamita

pickles

Os legumes em conserva, ou mais conhecidos como Pickles, são uma ótima opção para o lanche entre as refeições.  Possuem baixas calorias e são saudáveis. Eles vão muito bem com arroz e em sanduíches. Mas a boa ideia é fazer sua própria compota de pickles. Você pode escolher os vegetais de sua preferência.

Para esta receita, no entanto, o ideal é rabanete, cenoura e pepinos, juntos eles fazem o tradicional pickles viatnamita. Esta receita rende uma compota.

Ingredientes:

1 Cenoura grande, cortada em tiras à moda Juliana*

1 Rabanete grande, cortado em tiras à moda Juliana

1 Pepino grande, cortado em tiras à moda Juliana

1 xícara de vinagre de arroz

1 xícara de açúcar

1 xícara de água

1 colher de sobremesa de sal marinho

Modo de Fazer:

Misture o  vinagre, sal, açúcar e água juntos até que o açúcar se dissolva. Coloque os legumes em uma jarra grande o suficiente para caber todos eles e despeje o líquido no frasco de modo que todos os legumes fiquem submersos. Tampe a jarra e deixe na geladeira por 5 dias até que o sabor se intensifique.

*Vegetais à Juliana são quando cortados em tiras longas e finas, como na imagem.